Falamos a mesma língua dos nossos Filhos?